06/02/2018 - 03h27

Lideranças do Sintrammar se reúnem com deputado João Paulo Papa

Fonte: AssCom Sintrammar / Nelson Domingos De Giulio

 
Objetivando ampliar o apoio parlamentar em busca de uma solução para o impasse trabalhista que se arrasta na movimentação de mercadorias no setor da pesca na Baixada Santista, dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores na Movimentação de Mercadorias de Santos e demais cidades da Região (Sintrammar) estiveram reunidos, na última quinta-feira (01/02), com o deputado federal João Paulo Tavares Papa (PSDB).
 
O encontro aconteceu no escritório de Papa, em Santos, e fez parte de uma extensa agenda de reuniões com empresários, autoridades e políticos, previamente elaborada pela direção do Sindicato visando à discussão de diversos temas e projetos de interesse da categoria.
 
Acompanhado dos diretores Luiz Fernando Sanchez Ramon, efetivo, Fábio Luiz da Silva e Daniel Rodrigues Belmiro, suplentes, o presidente do Sintrammar, Francisco Erivan Pereira, solicitou o auxílio do deputado no combate ao trabalho irregular realizado pelas empresas do segmento pesqueiro local. "O encontro foi oportuno uma vez que o ex-prefeito se mostrou bastante familiarizado com os transtornos e complicações que há anos ocorrem no setor, sobretudo os enfrentados pelos trabalhadores." 
 
De forma sucinta, porém objetiva, Erivan traçou ao político santista um breve histórico das anormalidades e do desrespeito trabalhista e previdenciário praticado pelo empresariado do setor. "Fiz questão de elencar os anos de descaso, de omissão e sobretudo de erros deliberadamente patrocinados pelos tomadores da mão de obra sem que ninguém adote qualquer providência para colocar um ponto final nessas aberrações que remontam ao período escravocrata brasileiro, que apesar de findo em 1888 permanece de forma flagrante no setor da pesca, com destaque para as empresas lotadas no município de Guarujá", disse o mandatário sindical, salientando que Papa se comprometeu a acionar o prefeito Paulo Alexandre Barbosa, com o intuito de solucionar o imbróglio.
 
De acordo com o presidente do Sintrammar, o deputado se mostrou atencioso e revelou possuir raro conhecimento sobre os problemas que afetam o segmento pesqueiro com a extinção do Ministério da Pesca e Aquicultura, em outubro de 2015, após reforma ministerial promovida pela então presidente Dilma Rousseff. Apesar da percepção e clareza sobre o principal tema abordado pelos sindicalistas no encontro, João Paulo Papa se mostrou surpreso com as dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores que atuam na movimentação da matéria prima extraída do mar.
 
Outro que saiu satisfeito da reunião foi o diretor Luiz Fernando. "A aproximação com os nossos representantes políticos, seja na esfera municipal, estadual ou federal é extremamente importante em quaisquer circunstâncias e nesse sentido avalio como bastante significativo o resultado da reunião principalmente porque, na qualidade de ex-prefeito de Santos e ciente dos problemas que afligem a classe trabalhadora da cidade, o deputado destacou com propriedade algumas variáveis e possibilidades que poderão ser uteis para as nossas pretensões."
 
Não menos otimista, Fábio Luiz ressaltou a receptividade do parlamentar ligado ao PSDB. "Se mostrou bastante sensibilizado e disposto a colaborar conosco e de quebra com os pais de família representados pelo Sindicato que continuam trabalhando sob condições absolutamente precárias e análogas à escravidão."
 
Na mesma linha, Daniel Rodrigues também avaliou como positivas as palavras de João Paulo Papa. "Uma manifestação de apoio e acima de tudo proativa, considerando que as transgressões e desmandos que se verificam na atividade pesqueira de certa forma colaboram desfavoravelmente para a imagem da Baixada Santista, da qual o deputado Papa é representante no Congresso Nacional", pontuou o dirigente.
 
João Paulo Tavares Papa foi prefeito de Santos por dois mandatos, entre os anos de 2005 e 2012, sendo sucedido pelo atual mandatário do município.
 
Imprimir Indique esta notícia Comente

« Voltar